Imprimir E-mail

Disponível aos colaboradores do Grupo JB a DIRF 2017 exercício 2018

ATENÇÃO: Acesso interno a partir da Usina em Vitória de Santo Antão, clique aqui.

 
Portaria altera para maio a adição de etanol à gasolina Imprimir E-mail
A partir de 1º de maio, o percentual da adição de etanol à gasolina será de 25%.  A portaria publicada nesta sexta-feira, dia 1º de março, no Diário Oficial da União (DOU), acolhe resolução do Conselho Interministerial do Açúcar e do Álcool (CIMA), presidido pelo ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho.
O diretor do Departamento de Cana-de-açúcar e Agroenergia do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Luis Job, explica que a safra 2013 de cana-de-açúcar inicia em abril e desta forma deve haver garantia de fornecimento de etanol. “Isso possibilita elevar a mistura de 20% para 25% na obrigatoriedade de etanol anidro à gasolina”, aponta.
Leia mais...
 
Uso de etanol em carros flex já evitou emissão de 122 milhões de toneladas de CO2 Imprimir E-mail

O uso do etanol em carros flex desde a adoção desses veículos no Brasil, em 2003, já evitou a emissão de 122.359.005 toneladas de dióxido de carbônico (CO2) na atmosfera. A marca foi calculada no final de fevereiro pelo “Carbonômetro”, ferramenta desenvolvida pela União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA) que mede a quantidade do poluente que deixou de ser lançada no ar graças ao consumo do etanol em vez da gasolina em carros flex.

Leia mais...
 
Com preços 15% maiores que o etanol, açúcar deve ganhar espaço no mix de produção para próxima safra no Brasil Imprimir E-mail

Mesmo com a maior oferta de açúcar no Brasil, demanda mundial não será atendida e preços internacionais devem se manter firmes

Levando em consideração os prêmios pagos atualmente, a tendência é de que a safra 2016/17 do Brasil seja mais açucareira em relação há anos anteriores. No entanto, analistas afirmam que o aumento na produção não deve atender a demanda e suprir o déficit de aproximadamente 5 milhões de toneladas no mercado mundial.

De acordo com o analista da FG/Agro, Willian Orzari Hernandes, o preço pago pelo açúcar no mercado futuro está 15% maior se comparado ao etanol, o que deve estimular a mudança no mix da produção nesta safra.

Leia mais...
 
Estudo da Universidade de Stanford traz novo trunfo da cana-de-açúcar contra aquecimento global Imprimir E-mail

Canaviais contribuem para reduzir a temperatura local. A conclusão é um dos destaques de um estudo publicado no dia 17 de abril por pesquisadores da renomada Universidade de Stanford, nos Estados Unidos. Eles avaliam que ao refletir a luz solar e aumentar a umidade do ar próximo, a cana traria um benefício adicional para o combate às mudanças climáticas e aos efeitos do aquecimento global. Para a União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA), o estudo introduz um novo e importante benefício ambiental proporcionado pela cana, ampliando ainda mais o leque de impactos positivos que a planta proporciona.

Leia mais...